Niquelândia – Tentou entrar no presídio com drogas nas partes íntimas e foi barrada no baile

0
1132

Este já é o segundo caso registrado no mês de julho em Niquelândia. No último dia 5, uma outra mulher tentou entrar com maconha escondida no ânus, mas foi presa em flagrante.

Na manhã desta quinta-feira (26/julho), agentes da Polícia Militar, em trabalho conjunto com os Agentes Penitenciários da Unidade Prisional de Niquelândia realizaram a prisão em flagrante de uma jovem de 19 anos quando ela tentava ingressar ao interior do presídio municipal com uma porção de maconha escondida nas partes intimas. Agora ela deve responder pelo crime de tráfico de drogas.

Segundo as informações da Polícia Civil, a mulher identificada como Ana Paula Botelho da Silva, de 19 anos, já vinha sendo monitorada pelos policiais civis e pelos agentes prisionais. Após um trabalho de inteligência policial, os Agentes descobriram que Ana Paula ingressaria no presídio com drogas escondidas em suas partes intimas durante a entrada do pessoal para a visita intima. E sabendo dessa possibilidade os policiais armaram todo cerco para chegar até a suspeita, que foi de sorte para os policiais e azar para Ana Paula, que agora deve responder por tráfico de drogas baseando os fatos no Artigo 33 da lei 11.343/06 do Código Penal Brasileiro.

Ainda segundo as informações da Polícia Civil, sabendo dessa possibilidade foi realizado uma operação conjunta das forças de segurança na tentativa de inibir o possível crime. Diante disse, após Ana Paula passar pelo processo de revista ela foi abordada pelos agentes do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Niquelândia, que ao abordar a jovem ela demostrou estado de nervosismo. Ela apresentava visíveis sinais da expressão corporal que revelava um alto nervosismos e descontrole dos movimentos.

Com a suspeita que Ana Paula estivesse tentando entrar com as drogas e pelo nervosismo que ela apresentava, os agentes policiais conduziram a mesma até o hospital municipal Santa Efigênia, onde passou por exames de imagens, que constatou a presença de corpo estranho no interior do seu órgão sexual. Ressalte-se por oportuno, que Ana Paula está grávida de 17 semanas. Após as claras evidências foi extraído uma porção de maconha de 11 centímetros em formato cilíndrico envolvida em um preservativo masculino.

Diante da confirmação dos fatos, e da evidente prova da materialidade do crime, Ana Paula foi conduzida para a Delegacia de Polícia Civil, onde foi apresentada ao Delegado Bernardo Comunale, que deu procedência na ocorrência, atuando Ana Paula em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Ana Paula, que antes era visitante agora passar a ser acusada.

*Caso semelhante*

No dia 5 de julho uma mulher conhecida como “Nanú” tentou entrar no presídio usando praticamente o mesmo método para esconder a droga em seu corpo. Como ela também já estava sendo monitorada pelos Agantes da Polícia Civil, acabou presa ao ser levada até o hospital municipal e encontrado a droga nas suas partes íntimas. Na ocasião foi apreendido 6 (seis) porções de maconha que estava embrulhada em plastico transparente. A mulher foi presa e conduzida para a Delegacia. Na manhã desta quinta-feira, foi a vez de Ana Paula cair nas garras dos policiais.

*A população pode colaborar através de denúncias*

Os Policiais Civis de Niquelândia reiteram que são compromissados com o forte valor moral e ético no exercício do cargo, valorizando a legalidade e a probidade na manutenção da lei e da ordem. Sendo assim, pede que a população faça a sua parte, denunciando. Basta ligar: (62) 3354 -1008 / 3354-4357.
(Genarc). O Disk Denúncia também pode ser ultrapassado: 197 (Polícia Civil), ou até mesmo o 190, tradicional da Polícia Militar.
Em todos os casos, sua identidade é sempre mantida em sigilo absoluto.

– Da Redação: Motta Filho (DRT-GO: 3001).

– Com Informações da Polícia Civil de Niquelândia.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorNiquelândia – Criança de 3 anos de idade é estuprada e morta
Próximo artigoEntrevista – Lourenço Pereira Filho (Lourencinho)
Ismar Lopes dos Reis (Motta Filho) nasceu em 9 de novembro de 1969, na cidade de Uruaçu, região Norte de Goiás, estado localizado na região Centro-Oeste do Brasil. Tem três filhos: Ismar Júnior da Silva Lopes; Larissa da S. Lopes e Esthér Lopes G. Reis. Motta Filho é um dos quatro filhos de dona Benedita Lopes dos Reis ('Dona Ditinha').

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.