MENU
PERFIL
FOTOS E FATOS
BREVES E QUENTES
FORA DA ÁREA
OPINIÃO TOTAL
BEM NA FOTO
BOLA CHEIA
BOLA MURCHA
EVENTOS
GIRO GERAL
NEGÓCIO DA HORA
OCORRÊNCIAS
INTERNACIONAIS
ESPORTE
DIVULGAÇÕES
EXPEDIENTE
CLASSIFICADOS
JORNAL FOLHA POPULAR
EDITORIAL
 
COLUNAS
ESPAÇO ESPÍRITA
ESPAÇO EVANGÉLICO
PAI DA MATÉRIA
POR DENTRO DA MODA
SORRISO EM PAUTA
DIREITO & CIDADANIA
ESPAÇO CATÓLICO
ESPAÇO RURAL
 
Enquete
Enquete

Em relação às Eleições de 2018, Uruaçu deverá apoiar apenas candidatos a DEPUTADO ESTADUAL local?

SIM
NÃO
TAMBÉM OS DE FORA
TANTO FAZ

    Votar

    Parcial

Resultado das Enquetes


 

Untitled Document

 
 EDITORIAL
31-01-2017 15:01
Carnaval em Uruaçu é regra?

Carlos Alberto Parreira, ex-técnico da seleção brasileira de futebol certo dia disse: “Nada é definitivo!” (se referindo a escalação do time entre um jogo e outro). Aproveitando essa máxima do citado e vitorioso treinador, logo é bom afirmar que a realização do embora, já tradicional ‘Carnaval de Rua’ em Uruaçu não é tido como ALTA prioridade, por parte de nenhum governo municipal, nem mesmo para o atual, capitaneado por Valmir Pedro, que apesar de ter afirmado com frequência, durante o seu trabalho de campanha, que faria o “melhor carnaval de Goiás”, caso eleito fosse, não o fará pelo menos no primeiro ano da sua gestão. Sabe-se, que existem projetos a curto, médio e longo prazo e, talvez o tucano tivesse planejando realizar a festa do ‘Rei Momo’ do segundo ano do seu mandato em diante. O certo é que ao assumir a administração da ‘Cidade do Pássaro’, o novo gestor percebeu que o “negócio é mais embaixo”, giricamente falando. Assim como praticamente todos os municípios brasileiros encontram-se atolados em dívidas e com sérios problemas estruturais, sociais, etc, Uruaçu não foge a regra e assim terá que se abdicar de muita coisa, sobretudo, consideradas superfulas. A alegação de quem assume, é de que o gestor antecessor deixou tudo afundado, deteriorado, triturado, resumindo: falido.
Tudo o que foi citado na introdução deste texto editorial, poderia ter sido argumentos para que o novo comandante de Uruaçu não confirmasse a tão conclamada festa popular em nossa cidade, que gera divisas mas, paralelamente, trás diferentes problemas. Porém, não é necessário, pois, realizar festas em nossa ‘casa’, em circunstâncias normais é somente quando a ‘maré’ está de razoável para boa ou para ótima. E isso não é o que de fato ocorre na ‘Terra do Caju’ e, por conseguinte, na maioria das cidades brasileiras. Para refrescar um pouco a memória do leitor/internauta, quando a gestora anterior assumiu o mandato em 2013, a situação era semelhante ou pior, contudo, temendo uma reação negativa de parte da população, Solange correu atrás e realizou a festa e com sucesso. E assim, aconteceu nos seus quatro anos de mandato.
A atual gestão alega que o dinheiro que seria gasto com carnaval é o mesmo dinheiro que poderia ser investido em remédios para abastecer os Postos de Saúde, em material asfáltico e etc. Ele não está totalmente errado. Porém, há quem garanta que verba destinada ao carnaval não pode ser utilizada em outras áreas. Também é fato que ao pedir dinheiro para fazer festa é “queimar cartucho” e gastar ‘cotas de pedidos’ de benefícios ao município, nas esferas estadual e federal. Portanto, é específica, ou digamos, carimbada e pode ser conquistada através de emendas parlamentares ou através do ministério do turismo ou cultura. Aí depende da representatividade política que o município dispõe a ter. São burocracias que acabam travando o processo. Contudo, muitas das vezes servem de justificativas para os gestores dizerem NÃO a realização de eventos deste naipe.
A vizinha Goianésia negou apoio ao time de futebol Goianésia Esporte Clube, mas, dará total respaldo no Carnaval desde ano, às margens da Lagoa. Aliás, o citado município serve também de consolo para Uruaçu, haja vista que, em um passado não tão distante, tal cidade era a BOLA DA VEZ, quando se referia a festa para foliões (carnaval).  “Culpa” do ex-prefeito Lourencinho, que arrastou os turistas para cá, à procura de grandes atrações, como de fato haviam, causando total esvaziamento na nossa ‘PRIMA RICA’, Goianésia. Na gestão posterior a do filho da ‘Dona Ivone’ e do ‘Seo Lôro’ (saudosos), ocorreu praticamente da mesma forma, com boas atrações e uma mídia muito forte.
Pelo fato de NÃO se tratar regra, Valmir Pedro, atual prefeito de Uruaçu, em um dos seus primeiros atos afirmou categoricamente, que carnaval esse ano, somente na Praia Generosa, pelas bandas do Lago Artificial Serra da Mesa. Ditados populares sentenciam que são “nas dificuldades é que surgem as oportunidades” ou “quando uma porta se fecha, duas se abrem”. Partindo destas premissas, não custa nada acreditar que o novo palco do carnaval de Uruaçu está ainda a ser explorado, de forma mais contundente: A Praia Generosa. Embora, a realização da festa carnavalesca por lá, não é fato inédito, pois essa experiência já ocorreu, não totalmente, mas já. Agora é torcer que nestas próximas semanas aumente o volume de água no reservatório, para fazer jus ao nome: Lago ou ‘Carnaval no Lago’.

Histórico
  » 03-07-2017 16:07 - Mais protestos e 'Fora Temer'
  » 31-01-2017 15:01 - Carnaval em Uruaçu é regra?
  » 14-11-2016 14:11 - Governo municipal – Solange saindo Valmir Pedro entrando
  » 03-06-2016 20:06 - Maísa - A pequena grande vencedora!
  » 21-01-2016 14:01 - O Fim e o Recomeço
  » 24-10-2015 14:10 - Avanços significativos
  » 25-08-2015 07:08 - URUAÇUPREV
  » 06-05-2015 20:05 - Nosso esporte uruaçuense
veja o histórico completo
  Untitled Document
 Publicidade
 
Google




Untitled Document

© mottafilho.com.br - todos os direitos resevados
Contatos: mottafilho.103@uol.com.br e contato@mottafilho.com.br
(62) 8539-4249 / 8145-2937