MENU
PERFIL
FOTOS E FATOS
BREVES E QUENTES
FORA DA ÁREA
OPINIÃO TOTAL
BEM NA FOTO
BOLA CHEIA
BOLA MURCHA
EVENTOS
GIRO GERAL
NEGÓCIO DA HORA
OCORRÊNCIAS
INTERNACIONAIS
ESPORTE
DIVULGAÇÕES
EXPEDIENTE
CLASSIFICADOS
JORNAL FOLHA POPULAR
EDITORIAL
 
COLUNAS
ESPAÇO ESPÍRITA
ESPAÇO EVANGÉLICO
PAI DA MATÉRIA
POR DENTRO DA MODA
SORRISO EM PAUTA
DIREITO & CIDADANIA
ESPAÇO CATÓLICO
ESPAÇO RURAL
 
Enquete
Enquete

Em relação às Eleições de 2018, Uruaçu deverá apoiar apenas candidatos a DEPUTADO ESTADUAL local?

SIM
NÃO
TAMBÉM OS DE FORA
TANTO FAZ

    Votar

    Parcial

Resultado das Enquetes


 

Untitled Document

 
ESPAÇO CATÓLICO
Pe. Franciel L. da Silva
25-01-2016 13:01:11
O que nos leva a celebrar a memória dos santos?

Uma das perguntas mais em voga nos dias atuais, com a qual a grande maioria de nós católicos se depara, é a seguinte: “Por que vocês celebram a memória dos santos?”. Há poucos dias, tivemos a oportunidade de celebrar a memória do mártir São Sebastião, santo este tão amado e respeitado em todo o território brasileiro e, de maneira especial, em nossa cidade de Uruaçu.
Algumas razões pelas quais os católicos amam, respeitam, lembram e pedem a intercessão dos santos. A primeira, foram aqueles que cumpriram com grande virtude o mandato do Senhor: “Sede santos, porque eu, o Senhor vosso Deus, sou santo”Lv 19,2. Eles não assumiram o lugar de Deus, não são considerados deuses, não têm como sua a propriedade da santidade, mas são santos porque Deus lhes concedeu esta graça, é puro dom do amor de Deus. A santidade não passou despercebida na vida desses homens e mulheres que nos precederam, mas levaram a sério este mandato de Deus. Nasceram marcados pelo pecado original (Sl 50,7; Rm 5,18-19), porém, foram regenerados em Cristo através do batismo (Cl 2,12; 3,1), nasceram de novo da água e do Espírito em Cristo Jesus (Jo3, 3-5) e conservaram as marcas da santidade.
Em segundo lugar, testemunharam não a si mesmos, mas com a sua vida e morte fizeram Cristo resplandecer, derramaram o sangue por ele, conservaram intacta sua pureza, viveram as virtudes no seu mais alto grau, não desistiram, mesmo quando vieram as provações, falaram de Deus quando eram oprimidos para silenciarem a voz do Evangelho, amaram o próximo, vendo a Pessoa de Jesus nos mais sofridos. Como esquecer desses homens e mulheres que fizeram de suas vidas receptáculo da graça de Deus? Como esquecer daqueles (as) que continuam a nos evangelizar mesmo depois de ter “chegado a sua hora”? Trazer à nossa memória é desejar ter uma vida semelhante à deles, é seguir os mesmos caminhos que eles traçaram para merecermos o Reino dos Céus (Hb 13,7).
Por fim, lembramos dos santos porque eles foram colocados por Deus como nossos intercessores. O fiel católico não comete idolatria ao render homenagem aos santos, pois não são considerados deuses. O Catecismo da Igreja Católica nos ensina que eles são apenas nossos intercessores. Os santos levam nossas orações a Deus, pois como nos ensina São João “os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo cada um deles taças de ouro cheias de perfumes, que são as orações dos santos” (Ap 5,8). Desde o início, a Igreja Católica já era convencida disso, pois nas catacumbas encontravam inscrições do seguinte teor: “Ora por teus pais”, “Ora por nós, para que nos salvemos”. Nossos antepassados rezaram aos santos pedindo intercessão. Assim, como diz Dom José Chaves, “o católico honra e venera as imagens, pela pessoa ou objeto que representam, mas não as adora. Adorar é prestar culto supremo a alguém. O ser supremo é um só – Deus. Só Ele deve ser adorado, e mais ninguém”. É justo lembrar que a veneração das imagens nunca foi proibida na bíblia, mas sim sua adoração como fez o povo no início da caminhada de fé (Êx 32).

Pe. Franciel L. da Silva
Reitor do Seminário Diocesano São José / Uruaçu-GO

Histórico
  » 03-07-2017 11:07:00 - Dom Adair José Guimarães preside celebração da Santa Missa na Romaria de Guarinos
  » 12-01-2017 16:01:39 - No horizonte da fé façamos o caminho da Virgem Maria
  » 10-11-2016 11:11:47 - “Deus ofereceu ao Brasil a sua própria mãe” Papa Francisco
  » 01-03-2016 16:03:43 - O centro da quaresma é o Coração misericordioso de Jesus Cristo
  » 25-01-2016 13:01:11 - O que nos leva a celebrar a memória dos santos?
  » 12-10-2015 15:10:04 - Conhecer, seguir e transmitir Jesus Cristo ao mundo inteiro
  » 10-08-2015 12:08:24 - Muquém, terra santa onde se proclama a beatitude de Nossa Senhora
  » 06-05-2015 21:05:37 - Marcas do individualismo que desafiam o homem pós-moderno
veja o histórico completo
  Untitled Document
 Publicidade
 
Google




Untitled Document

© mottafilho.com.br - todos os direitos resevados
Contatos: mottafilho.103@uol.com.br e contato@mottafilho.com.br
(62) 8539-4249 / 8145-2937